Infográfico – 5 pontos que contribuem para uma gestão de estoque eficaz!

Mindset Organizacional
Atualizado em 29 de abril de 2022
Por Dougas Kamers
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Estratégia de Compras – Saiba o que é a área de procurement

Estratégia de Compras – Saiba o que é a área de procurement

Para a indústria, o setor de compras é peça-chave para gerar melhores resultados financeiros. E usar estratégias que permitam uma produção equilibrada faz sentido porque reduz custos, por exemplo. Esse conteúdo vai explicar tudo sobre o que é a área de procurement.

Então, se você tem o interesse em saber mais sobre como esse conceito pode trazer mais organização, eficiência e produtividade para o setor de compras, continue lendo.

O que é a área de procurement

Atualmente, o conceito de procurement tem sido muito absorvido por toda indústria, sendo que é bem fácil entender o motivo: se tornou uma estratégia fundamental para otimizar processos de compras. Inclusive, para qualquer empresa e de qualquer mercado.

Para quem busca uma definição do termo pensando na prática, vamos lá: estratégia formada por várias etapas e atividades que visa tornar as compras mais eficientes. Logo, o gestor interessado em ter um ciclo de compra mais eficaz deve considerar esse conceito.

Mas, vamos dar um passo atrás para que não fiquem dúvidas: qual é a diferença entre compras e procurement? É possível que você tenha feito essa pergunta. Entenda que o setor de compras se dedica, em boa parte, aos orçamentos. O procurement é diferente.

A ideia dele é mais ampla. Assim, tem a ver com suprimentos, pesquisa de mercado, estudo de fornecedores, validação de contratos, análises e projeções, além da criação de um cronograma. Ou seja, uma estratégia de compras, que vai além de orçar e pagar.

Quais são as vantagens do procurement

Avaliando de maneira rápida, a gente pode mencionar entre as vantagens dessa estratégia de compras: ciclos mais eficientes, agilidade nas entregas, diminuição dos custos, sincronismo de áreas e muito mais. Só que isso soaria vago demais. Por isso, trouxemos alguns detalhes.

Em poucas linhas, conheça os principais benefícios do procurement. Obviamente, os resultados, em números, devem ser particulares de cada instituição. Porém, com esses pequenos tópicos abaixo já é possível imaginar o crescimento sustentável dentro da indústria.

1 – Redução de Custos

Para comprovar que a área de procurement deve mesmo ser uma opção de estratégia de compras para a sua empresa, vamos começar com essa vantagem que gestor nenhum abre mão: a redução dos custos.

Mas, como é que essa estratégia reduz custos? Devido aos processos de estudos, seleção, escolha e negociação com os fornecedores. Ou seja, no momento em que o setor de compras faz essa pesquisa de bons parceiros, a empresa reduz desperdícios, o que gera economia.

Inclusive, aqui na CMB nós temos uma tabela que ajuda você a calcular os desperdícios.

2 – Otimização de Fluxos

Outro ponto que merece a sua atenção é sobre os fluxos de trabalho. Com o procurement é possível conseguir mais eficiência durante a execução dos processos. Isso porque as etapas passam a ser embasadas e com mais agilidade.

Se o fluxo está alinhado, o que acontece? Os erros são evitados ou reduzidos. Logo, ainda sobra tempo para produzir com mais qualidade. Bom, e nessa linha de vantagens sequenciais ainda vem o fato de que tudo isso colabora com uma tomada de decisão mais assertiva.

3 – Adaptação aos Cenários

E entre tantos pontos positivos, podemos destacar também um benefício que é mais visto no médio e longo prazo: a capacidade de se adaptar aos novos cenários. Com a estratégia de procurement aplicada, a indústria fica preparada para imprevistos e situações inesperadas.

Como? Pelo simples fato de que o bom funcionamento da linha de produção, com os prazos em dia com os clientes, torna possível implementar ideias urgentes e inovadoras. Ou seja, toda a empresa fica mais flexível para os cenários, corrigindo falhas e criando métodos.

Como aplicar as estratégias de procurement na empresa

Até aqui vimos o que é a área de procurement e algumas vantagens dessa estratégia para a indústria. Esse próximo tópico é sobre a aplicação desse conceito no dia a dia das empresas.

No entanto, não existe um passo a passo único para todo tipo de negócio. Assim, a estratégia de compras se torna flexível para se adaptar aos vários formatos de empresas e mercados. O que temos abaixo são algumas etapas que podem guiar o gestor para essa implementação.

Os gastos

Em um primeiro momento, antes mesmo de iniciar alguma mudança no setor de compras, o procurement manager deve considerar os gastos atuais da empresa. Ou seja, o objetivo é saber a situação real, a partir dos processos, dos roteiros e dos itens a serem comprados.

As necessidades

Na sequência, vem aquele ponto do estudo que vai entender quais as áreas que precisam de alterações e reorganizações. É com esse entendimento que se torna possível definir os melhores parâmetros de consumo para cada setor, evitando compras desnecessárias.

As prioridades

Outros dos critérios interessantes tem a ver com as prioridades. Por isso, o profissional de procurement tem que saber quais os insumos mais urgentes, assim como a qualidade deles. Isso vai permitir fazer escolhas e trocas mais inteligentes, visando o custo-benefício.

Os produtos

Outra aplicação da estratégia de procurement é conhecer os produtos que vão ser adquiridos pela indústria. O objetivo é claro: comprar o melhor produto pelo menor preço. Só que para chegar nesse ponto é preciso conhecer os detalhes e características desses itens.

A negociação

Conhecer, estudar, avaliar e negociar com os fornecedores é mais um ponto importante dessa estratégia que visa diminuir custos e melhorar a produtividade do negócio. Aqui fica aquela dica para ir além do simples “comparar preços”. Vale a pena estudar a parceria e a confiança com os fornecedores.

As transações

Se negociar faz sentido para você, obviamente, ter uma transação comercial segura também. Então, o registro de atividades como essa, a partir de dados relevantes, quantidades e histórico, é outra vantagem possível no procurement.

O acompanhamento

E o acompanhamento dos pedidos? Sim. Mais uma das etapas importantes no processo de compras de qualquer empresa. O procurement manager terá condições de executar os recebimentos dos pedidos para saber se as entregas estão de acordo com os contratos.

A sazonalidade

Esse item é bem legal porque ele traz um grande diferencial que poucas estratégias de compras permitem: se programar para as sazonalidades da indústria. Quando se tem um histórico de compras bem-feito, com análises e métricas, isso é possível.

Aprenda mais sobre as melhores estratégias de compras

A área de procurement é muito importante para a indústria e nós acabamos de ver isso. Para quem atua nesse setor, não há melhor dica do que: mantenha-se atualizado. Afinal, novas estratégias surgem, outras são atualizadas e técnicas podem ser resolutivas.

No nosso blog, temos uma grande quantidade de materiais informativos como esse que explicam outros métodos. Já ouviu falar do Soucing Estratégico? Esse é um dos temas. Também temos dicas para melhorar os processos produtivos e muito mais.

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.

Este artigo foi útil? Avalie

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Posts relacionados

5 benefícios dos móveis organizadores em aço

Compreendemos o valor da organização para tornar qualquer espaço mais funcional e agradável. Nossos móveis organizadores são projetados com a qualidade do aço, proporcionando durabilidade

E-book: Guia para aumentar a produtividade do seu negócio!

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.

@CMB, Inc. 2020.